Entrada para o jardim botânico
Brasil,  Curitiba

Turismo em Curitiba: 4 atrações acessíveis para pessoas com algum tipo de deficiência

A capital do Paraná é conhecida por ser uma das cidades mais acessíveis para pessoas com deficiência no Brasil. Um dos fatores que a coloca nessa posição é o sistema de transporte coletivo, considerado modelo até por outros países. 

Quer outro motivo para admirar muito a forma como Curitiba se importa com a inclusão das pessoas com deficiência? O trânsito conta com semáforos inteligentes, que são capazes de ampliar o tempo de travessia de pedestres com mobilidade reduzida quando acionados pelo cartão Respeito nos principais pontos da cidade. É um benefício para moradores, mas é bom saber que está escolhendo um destino com toda essa infraestrutura, não é mesmo? 

Então, confira abaixo as 4 atrações mais acessíveis para visitar em Curitiba

1) Jardim Botânico

Um dos principais cartões-postais da cidade, o Jardim Botânico não pode ficar de fora do seu passeio à capital paranaense. O local abriga diversas espécies nativas da mata atlântica, lago, museu, velódromo, além dos lindos e famosos jardins geométricos. 

Falando em acessibilidade para deficientes, o ponto turístico possui rampas, trilhas especiais para pessoas com mobilidade reduzida, banheiros adaptados, além de cadeiras de rodas para empréstimo. Legal, não é? 

 Quer mais? O destino ainda possui o Jardim Sensorial para placas em braille identificando as plantas, conta também com diferentes tipos de piso explorando o tato, assim como diferentes espécies de plantas para explorar o olfato.

Então, coloque essa atração no seu roteiro e aproveite com segurança e tranquilidade. Por falar em roteiro, entre em contato conosco que preparamos a viagem completa para você, sempre pensando em todas as suas necessidades. 

Entrada: gratuita

Planta com o descritivo em braille

2) Torre Panorâmica

Quer ver a cidade de uma vista privilegiada? Esse é o passeio que também deve estar na sua listinha. Os seus quase 110 metros de altura proporcionam uma visão panorâmica dos principais pontos turísticos, das movimentadas avenidas e dos altos edifícios. A torre arredondada e toda de vidro é um charme e coloca Curitiba aos pés dos turistas.

O passeio reserva mais experiências. Como o local era um suporte para antenas, os visitantes também encontram o Museu do Telefone, que conta a história da telefonia, além de outros artigos antigos desse mesmo segmento. 

O espaço possui elevador e no mirante há corrimãos. A gente só dá uma dica valiosa: prefira visitar a torre em dias de semana, pois aos sábados e domingos as filas podem ficar grandes, já que a atração só possui um elevador. 

3) Ópera do Arame

Outro cartão-postal de Curitiba preparado para receber pessoas com mobilidade reduzida é a Ópera do Arame, localizado no Parque das Pedreiras. Em meio à natureza, essa atração moderna de estrutura metálica construída sob um lago é possível ver várias carpas. Rampas, corrimãos, elevadores e banheiros adaptados preparam turistas para uma experiência deslumbrante. 

Junto à vegetação nativa e cascatas de água, o turista pode encontrar a harmonia completa com a presença de shows, concertos musicais, apresentações teatrais e festivais. Confira a programação antes de planejar o dia dessa visita incrível.

E tem comida boa também, viu? O espaço possui um restaurante com um cardápio variado, com destaque para o prato típico do litoral paranaense, o Barreado. 

Crédito: Renato Soares – MTUR

Entrada para o Ópera de Arame

4) Parque Lago Azul


Localizado no bairro Umbará, apesar de ser um pouco distante da região central – cerca de 30 minutos –, o Lago Azul é um convite para quem gosta da tranquilidade que a natureza proporciona. Cercado de verde em uma área de mais de 100 mil m², os visitantes podem caminhar pela orla que possui boa pavimentação, facilitando o acesso a cadeirantes; e parapeitos, o que também ajuda pessoas com outras dificuldades de locomoção. Um parque de troncos faz a diversão da criançada e o moinho de milho é mais uma das atrações do ponto turístico.

Tanto dentro como aos arredores do parque há opções de restaurantes para experimentar desde um bom churrasco a comida italiana e japonesa. 

Atrações garantidas por um passeio de ônibus 

Essa é uma opção para quem quer passar por famosos pontos turísticos de Curitiba de forma segura, sem contratempos com acessibilidade garantida. É só embarcar no Linha Turismo, um ônibus double decker totalmente acessível. Mas se quiser descer para conhecer melhor alguma atração também pode. A cada 30 minutos o transporte passa novamente. 

O passeio sem paradas dura, em média, 3 horas. O embarque é na Praça Tiradentes e ao adquirir o passaporte (R$50), o turista pode usar o transporte de forma ilimitada por 24 horas. O funcionamento é de terça a domingo, das 9h às 17h30. 

Confira os locais por onde passa o ônibus: Praça Tiradentes; Rua das Flores; Rua 24 Horas; Museu Ferroviário; Teatro Paiol; Jardim Botânico; Mercado Municipal e Mercado de Orgânicos; Universidade Federal do Paraná/Teatro Guaíra; Paço da Liberdade; Passeio Público e Memorial Árabe; Centro Cívico; Museu Oscar Niemayer; Bosque João Paulo II/Memorial Polonês; Bosque Zaninelli/Universidade Livre do Meio Ambiente; Parque São Lourenço; Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski; Parque Tanguá; Parque Tingui/Memorial Ucraniano (2 paradas); Santa Felicidade (5 paradas no bairro); Parque Barigui; Torre Panorâmica e Setor Histórico. 

Quando viajar?

Curitiba é uma das cidades mais frias do Brasil. Entre junho e agosto, as temperaturas podem prejudicar os passeios de quem não está acostumado com dias gelados. Para evitar também os períodos chuvosos, o ideal é marcar a sua viagem entre setembro a maio, quando o clima está agradável e as chances de chuva são menores. 

Gostou do post? Já anotou algumas das opções para seu roteiro de viagem em Curitiba?

Nós, da Viagem Acessível programamos o seu roteiro de forma personalizada para o seu bolso e a sua mobilidade e de quebra você ainda ganha muitos mimos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *