Destaque para os Lençois Maranhenses
Brasil,  Lençóis Maranhenses

O que fazer nos Lençóis Maranhenses em 4 dias? Confira nossas dicas para uma viagem incrível

Um cenário paradisíaco. Dunas de areias para lembrar um deserto, porém com um oásis que só encontramos neste lugar: lagoas de águas cristalinas. Estamos falando dos famosos Lençóis Maranhenses, capazes de tirar o fôlego só com as belas fotos que mostraremos neste artigo. Imagina a experiência de quem embarca para este paraíso? 

Só de colocar o pé nessa areia branca e fininha e dar um mergulho nas lagoas formadas entre as dunas já seria incrível. Na verdade, muitos pensam que a região só oferece essas opções, mas nós resolvemos montar um roteiro para quatro dias de viagem e você vai ver que tem até praia encontrando rio por lá. Vêm com a gente? 

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, criado na década de 80, está inserido em uma zona de conversão dos biomas Cerrado, Caatinga e Amazônia. Ao redor, estão localizadas as cidades de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz. Essas duas primeiras são as mais procuradas por turistas para hospedagem e outros atrativos que você vai descobrir ao longo deste artigo. 

Agora, vamos ao roteiro de quatro dias nos Lençóis Maranhenses. Saiba que para chegar nesses locais é preciso embarcar em um veículo 4×4 com tração nas quatro rodas. Para atender as pessoas com mobilidade reduzida, escolha os passeios mais privativos. É só deixar com a gente que preparamos tudo para que a experiência seja incrível. 

1º dia –  Circuito Lagoa Azul 

Com saída de Barreirinha, esse passeio te levará a belas lagoas como a da Preguiça, da Esmeralda, da Paz e do Peixe. São 12 km em um veículo 4×4 e, depois, os turistas podem circular pelos lagos a pé. No caso de pessoas com dificuldades de locomoção, é importante fechar um transporte para atender as necessidades. 

Não há local para se alimentar, portanto, é preciso levar lanches e bebidas, mas não se preocupe, pois os carros possuem caixas térmicas para conservar seus itens. 

É possível realizar esse giro pela manhã ou à tarde, mas fica uma dica: o pôr do sol é de tirar o fôlego. 🖤🌄

2º dia – Circuito Lagoa Bonita

Também com saída de Barreirinhas, neste roteiro os turistas vão poder visitar as lagoas do Maçarico, do Clone (onde foi filmada a novela da Rede Globo que leva o mesmo nome) e a Lagoa Bonita. 

Alguns pontos desse passeio não são tão acessíveis por precisarem de escalar duas de areia muito íngremes. Mas como há muitas outras poças de água pelo caminho, todas muito bonitas, mas sem nomes específicos, é possível aproveitar cada surpresa que este trajeto oferece. 

Diferente do Circuito da Lagoa Azul, neste é possível encontrar quiosques para fazer um lanchinho e repor as energias. 

3º dia –  Rio Preguiças, Mandacaru, Vassouras e Caburé

No terceiro dia pelos Lençóis Maranhenses, as sete próximas horas depois que embarcar em uma lancha no Rio Preguiças prometem serem incríveis.  Ao longo do percurso, há paradas estratégicas para explicar sobre a fauna, flora e a cultura dos povoados Vassouras, Mandacarú e Caburé. 

Em Vassouras, primeira parada para desembarque, é possível se refrescar nas lagoas ou explorar a região caminhando pelas dunas de areias ou até mesmo prestigiar o artesanato local. 

Em Mandacarú, a grande atração é o Farol Preguiças, com 35 metros de altura e que oferece uma linda vista para o rio e o mar. Vale também uma paradinha para conhecer a arte desse povoado e também as comidas típicas. 

A última parada, na Praia de Caburé, o espetáculo fica por conta do encontro do Rio Preguiças com o mar. Aliás, para quem acha que só de lagoas vivem os Lençóis Maranhenses, há outras praias no Parque Nacional. É nesse ponto que acontece a parada para almoço e para aproveitar o restante o tempo desse passeio sensacional. 

4º dia – Sobrevôo nos Lençóis Maranhenses 

Se do solo os Lençóis Maranhenses já encantam os turistas, imagina ver esse espetáculo da natureza das alturas? O sobrevôo de 30 minutos saindo do Aeroporto de Barreirinhas promete selar os quatro dias neste destino turístico. Prepare a câmera, o coração e também o bolso. Essa é a experiência que vai custar um pouco mais caro, mas, se tiver como fazê-la, temos certeza que será inesquecível. 

Você poderá escolher três rotas que sobrevoarão as principais lagoas, praias, dunas e povoados. E uma dica bem valiosa: escolha o início da manhã ou o fim da tarde, quando as fotos ficarão mais fáceis de serem registradas. 

Veja as empresas que ofertam esse passeio. 

Dunas que queimam o pé? Nada disso! 

O sol pode estar escaldante, mas as temperaturas das areias dos Lençóis sempre permanecem amenas. Isso acontece por conta dos lençóis freáticos que permitem a formação das lagoas e também o resfriamento do solo local. Ou seja, não se preocupe com o pé, mas nada de esquecer o protetor solar para todo o resto do corpo, viu? 

Talheres na mão porque a culinária do Maranhão…

É de dar água na boca. Com o segundo litoral mais extenso do país, os frutos do mar são a grande atração da gastronomia maranhense. Tem camarão gigante, moquecas peixe assado ou frito no azeite de coco de babaçu. Tem também carne de sol, o açaí Juçara e um dos grandes destaques, o Arroz de Cuxá, uma mistura árabe, portuguesa e africana. 

Por falar em comida boa

Uma dica de diversão é passear pela Avenida Beira Rio, em Barreirinhas, e escolher um barzinho ou restaurante com música ao vivo para curtir a noite no Maranhão. 

Quando viajar para os Lençóis Maranhenses? 

Os grandes atrativos, as lagoas formadas entre as dunas livres, estão com nível alto durante e logo após o período de chuvas, que acontece entre janeiro e maio. Por isso, viajar entre junho e agosto é a melhor época do ano para conseguir se refrescar e nadar nas águas claras formadas pelas águas das chuvas. 

Evite os meses de outubro a dezembro, quando estará com o nível mais baixo, aguardando a nova temporada de águas caindo do céu. 

Agora que você conhece um pouco mais desse destino incrível, só falta conversar com a gente para adaptar e planejar a sua próxima viagem.

E aí, o que está esperando para embarcar nessa aventura com a gente? 

    Quero viajar:

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *